internet

A guerra de Temer contra os memes

Ao tentar proibir memes com a imagem do mandatário, além de ameaçar a liberdade de expressão, governo demonstra desconhecer completamente a dinâmica das mídias sociais. Desde o começo deste governo, vejo com espanto a prática das páginas institucionais no Facebook de compartilhar posts de páginas dos políticos. Além de ser algo que, salvo engano, nunca …

A guerra de Temer contra os memes Leia mais »

Redes sociais pautam novas agendas políticas, diz Gomes

* Entrevista publicada originalmente no Jornal do Comércio, por Lívia Araújo A ascensão da discussão política nas redes sociais demonstra que a tese de que o brasileiro é alienado politicamente pode estar errada. Esta é a percepção do professor baiano Wilson Gomes, pesquisador de Teoria da Comunicação na Universidade Federal da Bahia (UFBA). “As novas …

Redes sociais pautam novas agendas políticas, diz Gomes Leia mais »

Escola de Governança da Internet abre inscrições para curso de curta duração

A Escola de Governança da Internet no Brasil (EGI), projeto do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), abre nesta segunda-feira (04) as inscrições para o segundo Curso de Curta Duração. O Curso é voltado para gestores públicos e formuladores de políticas públicas, empresários, acadêmicos, membros da comunidade técnica e de organizações da sociedade civil …

Escola de Governança da Internet abre inscrições para curso de curta duração Leia mais »

Simpósio sobre Governança da Internet em João Pessoa

Chamada de trabalhos No dia 9 de novembro de 2015, a Rede de Acadêmicos em Governança Global da Internet (conhecida pelo acrônimo em inglês, GigaNet) organizará seu 10º Simpósio Anual em João Pessoal, Brasil. Seguindo a tradição dos últimos nove anos, o evento ocorrerá no mesmo local e no dia anterior ao Fórum de Governança …

Simpósio sobre Governança da Internet em João Pessoa Leia mais »

Câmara de Representantes dos Estados Unidos tenta impedir democratização da ICANN em 2015

Cinco semanas atrás, um grande número de stakeholders da internet se reuniu em São Paulo no congresso NetMundial para discutir os desenvolvimentos futuros da internet. Mais de 1400 pessoas originárias de aproximadamente 100 países estiveram juntas para assistir a Presidente Dilma Rousseff assinar o Marco Civil da Internet e depois discutir uma serie de tópicos. …

Câmara de Representantes dos Estados Unidos tenta impedir democratização da ICANN em 2015 Leia mais »

ICANN inicia debates sobre transição de controle da IANA

Na sexta-feira, 14 de março de 2014, a National Telecommunication and Information Agency (NTIA) dos Estados Unidos fez uma declaração histórica, que foi um marco no processo de democratização da administração da internet. Em um anúncio, declarou sua intenção de não renovar o Affirmation of Commitments (AoC), o contrato que está prendendo a Internet Corporation …

ICANN inicia debates sobre transição de controle da IANA Leia mais »

Youth Participation in Internet Governance – a European Perspective

by Anna Orlova* & Silvio Heinze** In a couple of weeks the NETMundial meeting is taking place in Sao Paulo, Brazil. This high­level meeting, intended to change the direction of the global governance of the Internet, might also change the roles of some supranational actors in this process. Even though some might say its a good counterbalancing alternative to US dominance in the field of Internet Governance, there are still stakeholders that are under­represented, young people being principal among them. It might seem that young people are taking an active part in Internet Governance, yet conferences and meetings like ICANN, IGF, EuroDIG, and as far as can be seen NETMundial,paint a different picture. In 2011 at IGF in Nairobi it was clearly  stated that young people don’t see the Internet as an anarchic playground, but expect their voice to  be heard. Current governance models, however, tend to exclude young people completely from actively engaging with the topic. One of the reasons for that is because the field of IG is complex and interconnected, and usually discussed at the international level.  The topic is so profound and multilevel, that to be able to interact and participate one already needs to have a high level of knowledge, and preferably be already well known in the field. Debates are often highly technical or jurisdictional and difficult to follow, hence it is hard to participate. In addition it is difficult to be accepted by civil society groups when you are a young professional trying to find your own standpoint in this complex debate. This often leaves young people wandering around frustrated in the crowd of old white men at these conferences, not knowing how to get involved. All of the above create a high entry barrier for young newcomers. This partly leads to the second reason: often IG means a small closed community with no official framework to allow participation. There is no institutionalized frame, which makes it difficult to get involved. Being open and transparent does not mean being inclusive or participatory. In Europe the most common pattern to get politically active is through joining political youth organisations and forums. Sadly, there are hardly any youth organisations on the local or national level that deal with IG issues. So in case of social or political issues like sex education or youth unemployment, to access and deal with it would be common through local or national youth organisations, but that is not the case when it comes to digital rights or questions of governing the Internet.  European youth organisations that are seriously working on the problems of digital rights and Internet Governance are mostly international. Another problem, at least in Europe, is the Internet Governance bubble itself. In theory, there is a way for young people to participate in the dialogue through a multi stakeholder model. The situation is starting to change; there are now a few opportunities for the young generation to learn and participate, such as random internships  or the annual EuroSSIG Summer School in Meissen, Germany for example. This might be a good way to start exploring the topic. However, in reality there is a lack of resources, notably skills and expertise. The cornerstone of the …

Youth Participation in Internet Governance – a European Perspective Leia mais »

NetMundial, Multissetorialismo e o Futuro da Internet

Desde que o governo brasileiro e a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) começaram a preparar o encontro NetMundial, que irá ocorrer em São Paulo em abril de 2014, debates sobre a governança da internet têm se intensificado em vários países. De fato, o encontro em São Paulo será de importância crucial considerando …

NetMundial, Multissetorialismo e o Futuro da Internet Leia mais »

Nova diretora da Internet Society toma posse em janeiro de 2014

A partir do primeiro de janeiro de 2014 Kathryn C. Brown vai ser a nova diretora executiva da Internet Society (ISOC). Kathryn, que antes era responsável para desenvolvimento de políticas públicas da Verizon Communications nos Estados Unidos, está tomando posse em um momento muito interessante. O ano 2014 tem o potencial de virar um ano …

Nova diretora da Internet Society toma posse em janeiro de 2014 Leia mais »

1°Encontro Nacional da ISOC Brasil

No sábado, dia 07 de dezembro, vai acontecer o primeiro encontro nacional da Internet Society (ISOC) Brasil em São Paulo. A ISOC é um dos atores mais importantes da sociedade civil trabalhando pelo desenvolvimento da internet no mundo inteiro. Para mais informações entre aqui: ISOC Brasil