Blogueiros se reúnem em Foz para debater blogosfera e democracia

Adaptado do site ClickFoz

Transmissão ao vivo de todas as mesas de debate

De quinta-feira (27/10) a sábado (29/10), Foz do Iguaçu receberá internautas e ativistas sociais de diversos países para o 1º Encontro Mundial de Blogueiros, que será realizado no Cineteatro do Barrageiro, na Itaipu.

A abertura do evento será nesta quinta-feira, a partir de 19h, no Centro de Recepção de Visitantes de Itaipu. Os organizadores esperam mais de 500 pessoas de países latino-americanos e de nações como Estados Unidos, Índia, Japão, Gana, Espanha e França.

O encontro discutirá “O papel da blogosfera na construção da democracia”. Na pauta, estarão temas como o impacto sofrido pelas mídias tradicionais com o advento do uso da internet como uma rede alternativa de informações.

Será transmitido em tempo real pelo site: www.blogueirosdomundo.com.br/ao-vivo.

Um dos maiores expoentes do cyberativismo, o Wikileaks, terá participação no encontro. O porta-voz da organização, o jornalista islandês Kristinn Hrafnsson, confirmou presença na sexta-feira (28/10). Às 9h, ele dividirá a mesa com outros nomes do jornalismo mundial, como Ignacio Ramonet, criador do jornal francês Le Monde Diplomatique.

O encontro é promovido pelo Instituto Barão Itararé e pela Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação (Altercom). O resultado dos dois dias de debate será transformado em uma carta com as resoluções e também publicado em livro.

Programação completa:

27 de outubro – quinta-feira

14 horas  – credenciamento

19 horas  – abertura oficial do evento

 

28 de outubro – sexta-feira

9 horas – Debate: “O papel das novas mídias”

– Ignácio Ramonet – criador do Le Monde Diplomatique e autor do livro A explosão do jornalismo;

– Kristinn Hrafnsson – porta-voz do WikiLeaks;

– Dênis de Moraes – autor do livro Mutações do visível: da comunicação de massa à comunicação em rede;

– Luis Nassif – jornalista e blogueiro;

* Mesa dirigida por Natalia Vianna (Agência Pública) e Tatiane Pires (blogueira do RS)

 

14 horas – Painel: “Experiências nos EUA e Europa”

– Pascual Serrano – blogueiro e fundador do sítio Rebelión (Espanha);

– Andrés Thomas Conteris  – fundador do Democracy Now em Espanhol (EUA);

– Henrique Palma – criador do blog “A perdre La raison” (França) ;

– Jillian York – blogueira, colunista do Huffington Post, Guardian e da TV Al Jazeera (EUA);

* Mesa dirigida por Renata Mielli (Barão de Itararé) e Altino Machado (blogueiro do Acre);

 

16 horas – Painel: “Experiências na Ásia e África”.

– Ahmed Bahgat – blogueiro e ativista digital na “revolta do mundo árabe” (Egito);

– Atanu Dey – blogueira da Índia e especialista em Tecnologia da Informação (Índia);

– Pepe Escobar – jornalista e colunista do sítio Ásia Times Online (Japão);

– Mar-Jordan Degadjor – blogueiro e diretor da ONG África para o Futuro (Gana);

* Mesa dirigida por Renato Rovai (Altercom) e Sérgio Telles (blogueiro do Rio de Janeiro);

 

Dia 29 de outubro – sábado:

9 horas – Painel: “Experiências na América Latina”.

– Iroel Sánchez – blogueiro da página La Pupila Insomne e do sítio CubaDebate (Cuba);

– Osvaldo Leon – editor de sítio da Agência Latinoamericana de Informação – Alai (Equador);

– Martin Becerra – professor universitário e blogueiro (Argentina);

– Jesse Freeston – blogueiro e ativista dos direitos humanos (Honduras);

* Luis Navarro (Editor do jornal La Jornada – México)

* Martin Granovsky (Editor Especial do jornal Página 12 – Argentina)

* Mesa dirigida por Sérgio Bertoni (blogueiro do Paraná) e Cido Araújo (blogueiro de São Paulo);

 

14 horas – Painel: “As experiências no Brasil”

– Leandro Fortes – jornalista da revista Carta Capital e membro da comissão nacional do BlogProg;

– Esmael Moraes – criador do blog do Esmael.

– Conceição Oliveira – criadora do blog Maria Frô e tuiteira.

– Bob Fernandes – editor do sítio Terra Magazine [*];

* Mesa dirigida por Maria Inês Nassif (Carta Maior) e Daniel Bezerra (blogueiro do Ceará);

 

16 horas – Debate: A luta pela liberdade de expressão e pela democratização da comunicação.

– Paulo Bernardo – ministro das Comunicações do Brasil [*];

– Jesse Chacón – ex-ministro das Comunicações da Venezuela;

– Damian Loreti – integrante da comissão que elaborou a Ley de Medios na Argentina;

– Blanca Josales – ministra das Comunicações do Peru;

* Mesa dirigida por Julieta Palmeira (Associação de Novas Mídias da Bahia) e Tica Moreno (blogueiras feministas);

 

18 horas – Ato de encerramento.

– Aprovação da Carta de Foz do Iguaçu (propostas e organização).