Observatório das Eleições 2012: as campanhas online e a repercussão do eleitor

Com o objetivo principal de acompanhar as campanhas online municipais de 2012 em 14 capitais brasileiras, bem como descobrir o que as pessoas publicam na internet acerca do processo eleitoral, a Universidade Federal de Minas Gerais criou o Observatório das Eleições de 2012. Desenvolvidos sob a coordenação do Departamento de Ciência da Computação da UFMG, os softwares responsáveis pelo funcionamento do site promovem a mineração dos dados provenientes da web relacionados a candidatos e a temas que estejam em pauta em portais de notícias e em redes sociais e ceais diversos, em 14 capitais espalhadas pelas cinco regiões do país.

O projeto é fruto de uma parceria entre os departamentos de Ciência da Computação, História (que compõem o Centro de Convergência de Novas Mídias) e Ciência Política (representado pelo Grupo de Pesquisa Opinião Pública, Marketing Político e Comportamento Eleitoral http://www.opiniaopublica.ufmg.br) da UFMG.

No site, é possível filtrar os dados por cidade, partido ou evento. Outra funcionalidade é o acompanhamento em tempo real dos tweets relacionados à disputa eleitoral. Os eventos de campanha (debates televisivos e dias de votação) também serão monitorados pelo Observatório das Eleições de 2012, de modo que será possível acessar, mesmo depois de tais eventos, as postagens que forem realizadas no Twitter ao longo do acontecimento selecionado. Além de tudo isso, temos também os links de notícias e dos vídeos postados no YouTube mais populares (mais compartilhados através das redes sociais online) e a “nuvem de tags”, que apresenta as expressões mais utilizadas pelos internautas em suas publicações. Quem quiser conhecer essa interessante iniciativa, que propicia tanto a visão clara e organizada de um amplo universo de dados disponíveis (embora nem sempre visíveis) na web quanto a possibilidade de “garimpar” informações para pesquisas acadêmicas, pode acessar o seguinte link: http://observatorio.inweb.org.br/eleicoes/destaques/. De modo a mantermos o Observatório dinâmico e atento às novidades de campanhas e repercussões na rede, sugestões de tags, sites e blogs para alimentarmos nossa base de dados também são muito bem vindas. Para isso, basta deixar comentários no site do Observatório 2012.